DAEFI

Diretório Acadêmico da Educação Física / UFRGS

Nota de repúdio à invasão da Escola de Educação Física da UFRGS pela Brigada Militar e apoio aos estudantes agredidos, presos e criminalizados – ExNEEF

Posted by daefi em 05/05/2014

Nota de repúdio à invasão da Escola de Educação Física da UFRGS pela Brigada Militar e apoio aos estudantes agredidos, presos e criminalizados

 

“Tempos de dizer

Que não são tempos de calar

Diante da injustiça e da mentira.

É tempo de lutar”

(Mauro Iasi)

 

Do dia 17 ao dia 21 de abril aconteceu na Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul o 98º CONEENF (Congresso Nacional de Estudantes de Enfermagem), realizado pelo Diretório Acadêmico de Enfermagem da UFRGS (DAEE) com o apoio do Diretório Acadêmico de Educação Física da UFRGS (DAEFi).

Na madrugada do dia 19 de abril (sábado) estava acontecendo uma confraternização dos estudantes presentes no CONEENF. A Brigada Militar (Policia Militar) foi até a ESEF dizendo que havia reclamações de som alto e pedindo para entrar no campus. Uma das estudantes responsáveis pela realização do espaço mostrou seus documentos para a BM e os estudantes se responsabilizaram em resolver o problema do som, porém a entrada da BM no campus não foi permitida nem pelos estudantes e nem pelo segurança patrimonial terceirizado que estava na portaria no momento, por se tratar de um espaço federal.

Minutos após, quando já não havia mais música, a Brigada Militar retornou à frente do portão da ESEF, dessa vez com três viaturas, exigindo entrar no campus. Novamente a entrada foi negada, duas viaturas saíram e dois policiais ficaram na frente do portão. Pouco após, 12 policiais militares invadiram o campus, já com os cassetetes em mãos. Foi uma ação bastante truculenta, vários estudantes foram agredidos, quatro estudantes e um segurança terceirizado foram presos.

Os quatro estudantes presos, foram: Eugênio Campos Velho (Educação Física), Mateus Ballardin (Educação Física), Lisiane Rosa (Enfermagem) e Antônio Melo (História). Já no início da manhã os estudantes foram liberados. Contudo o estudante Eugênio teve que levar pontos em um corte na cabeça e a estudante Lisiane precisou imobilizar o braço, lesões essas decorrentes das agressões da BM. Vários outros estudantes ficaram com marcas e hematomas decorrentes das agressões.

Os Diretório Acadêmico de Educação Física, o Diretório Acadêmico de Enfermagem e o Centro de Estudantes de História da UFRGS lançaram nota conjunta repudiando a ação da Brigada Militar. Além disso, aconteceram reuniões com as direções das unidades dos cursos dos estudantes envolvidos. Todas as direções se colocaram contrárias às ações da BM.

No dia 25 de abril aconteceu o Conselho Universitário (CONSUN) da UFRGS (órgão deliberativo máximo da universidade) e foi deliberado que será lançada uma nota do CONSUN. Porém a reitoria ponderou que essa nota não poderá criar constrangimentos com a Brigada Militar e com o governo do Estado.

A Executiva Nacional de Estudantes de Educação Física repudia a ação truculenta da Brigada Militar e declara total apoio aos estudantes agredidos, presos e criminalizados.

Não à repressão!

Lutar não é crime!

Executiva Nacional de Estudantes de Educação Física

http://www.exneef.libertar.org/?p=497

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: