DAEFI

Diretório Acadêmico da Educação Física / UFRGS

Sobre a greve nas IFES e na UFRGS!!!

Posted by daefi em 17/06/2012

     Aconteceu nessa quarta feira, dia 13/06 uma Aula Pública em frente ao DA sobre as greves nacionais nos Institutos de Ensino Superior. 
    Atualmente já temos 51 Universidades em GREVE!


Os motivos dessa greve pouco são divulgados na mídia, e nesse sentido que o DAEFi e o DAFISIO organizaram a atividade com todos os setores da UFRGS que hoje apoiam esse movimento nacional. São eles o sindicatos nacional dos docentes de ensino superior – ANDES,o sindicato dos técnicos administrativos da UFRGS – ASSUFRGS, o Diretório Central dos Estudantes – DCE, e também convidamos a Associação dos Pós Graduados – APG, que não pode comparecer no espaço.

    A principal causa apresentadas em comum pelos setores foi a precarização da educação no ensino superior potencializada pelo projeto de Reforma Universitária o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI) , que tem o objetivo de aumentar o número de cursos e aumentar as vagas no ensino superior, mas sem a garantia de maior investimento, de contratação de professores e técnicos administrativos. Esse projeto teve sua implementação aprovada em 2007, e que já em 2008 criou na ESEF dois cursos novos, aumentando o número de vagas sem garantir verba suficiente para aumento e melhora da estrutura e nem contratação de novos professores.

Aumentando o n. de alunos da ESEF, por exemplo, hoje chega a ter 50 matriculados em algumas cadeiras. Há um grande aumento de professores temporários, que não podem trabalhar com pesquisa e extensão e nem orientar TCC’s, contribuindo na precarização da nossa formação e do trabalho docente, além de servidores tercerizados, que tem seu trabalho precarizado, não tem garantias trabalhistas e tão pouco direito a greve.

Na ESEF não foi construído um m², somente adaptações de salas já existentes. Não construíram nenhum espaço para além do que já se encontrava antes da implementação dos dois cursos. Esse é um exemplo da nossa escola, sendo que na UFRGS os problemas são gigantescos, principalmente no IFCH e no Instituto de Artes. Mas vemos mobilizações inclusive do curso de direito, pois não existe sala de aula no prédio do direito para os bixos que entrarão no segundo semestre, o prédio prometido nem começou a ser construído.

Hoje os professores lutam pelo aumento dos salários e garantia de plano de carreira que não anda acompanhando a inflação, porém essa conversa com o governo federal já durava 2 anos e não havia respostas!

Hoje os técnicos da UFRGS tem o menor piso salarial das instituições federais, já ocorreram 50 reuniões com o Governo Federal e também não teve nenhum acordo, sendo que nos últimos 20 anos TODOS reajustes que tiveram foram conquistados através da GREVE!

Não há saídas individuais para problemas coletivos. Quem garante a excelência da UFRGS são os professores, técnicos e estudantes!
Juntos temos força para pautarmos com seriedade os nossos problemas, e a Reitoria da UFGRS assim como o Governo Federal terá que nos ouvir. Isso já foi comprovado pela campanha que garantiu o RU da ESEF, e que hoje serve até janta.

E em âmbito nacional o movimento grevista vem crescendo dia a dia nas universidades rumo à vitória. Temos que acreditar no nosso potencial e na nossa revolta, e não deixar que ninguém tire isso da gente!

Seremos todos professores, e a luta por uma educação de qualidade, seja no ensino básico ou no superior é uma tarefa nossa!

Seguimos em luta,
saudações estudantis
Diretório Acadêmico de Educação Física e Dança

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: